Brasil

Bebê de 11 meses morre afogada dentro de balde com água em Cuiabá


Uma menina de 11 meses de idade morreu afogada dentro de um balde de água, em uma casa no bairro Parque Cuiabá, na Capital. O fato foi registrado neste domingo (2) após. A vítima é Emily Vitória dos Santos Adi Amorim que chegou a ser socorrida e encaminhada à Policlínica do Coxipó, mas não resistiu. Este é o 3º caso de afogamento de crianças em apenas 9 dias.

A mãe de Emily relatou à Polícia Militar que estava na casa dos padrinhos da criança, quando por volta de 11h, deixou a filha brincando na sala e foi até cozinha preparar o almoço. Minutos depois, ao estranhar o silêncio a mãe chamou pela criança e não teve retorno.

Como a menina já engatinhava, a mãe foi procurar pela filha, e já a encontrou debatendo dentro de um balde de água que estava no banheiro da casa. Imediatamente, a mulher pediu ajuda aos vizinhos e amigos que tentaram reanimar a bebê e em a seguida encaminhou para a unidade de saúde.


De acordo com o prontuário médico, Emily já teria dado entrada na policlínica morta. A Polícia Civil investiga o caso para apurar a circunstância do afogamento, o inquérito segue sob responsabilidade da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

Outros casos

Na última sexta-feira (23), Deividy Jesus Correia , 6, foi encontrado morto na piscina da casa de um vizinho, no bairro Altos da Boa Vista, em Cuiabá. Não havia ninguém na casa, a suspeita é de que o menino teria invadido o local para se refrescar na piscina.

Cinco dias depois, na quarta-feira (28), o afogamento de Heitor Cunha dos Santos, de 10 meses de vida, foi registrado também na piscina de uma casa, no bairro Jardim Universitário. Sob monitoramento da mãe e avó, o garotinho caiu na água após um momento de distração.

O bebê passou 2 horas desacordado e foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Porém não resistiu aos tratamentos e morreu no Pronto-Socorro de Cuiabá. 

Fonte:R7
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.