Brasil

Mulher é multada em R$ 1 mil por deixar cadelinha sem água e comida

A dona de uma cadelinha foi autuada pela Polícia Ambiental de Batayporã por maus-tratos de animais, na manhã desta quinta-feira (07). A jovem, de 19 anos, foi multada em R$ 1 mil após denúncia de moradores que viram o animal debilitado, sem água e comida, e acionaram o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses).
Na casa da mulher, no bairro Alvorada em Nova Andradina, uma equipe da PMA encontrou o animal sem sua pelagem em grande parte do corpo, com sarna, sem água e alimento. O quintal onde a cachorra vivia estava tomado de fezes e urina.
A PMA resgatou a cadela e a entregou aos cuidados CCZ. A infratora  foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais.
A pena é de três meses a um ano de detenção. Ela autuada administrativamente e multada em R$ 1.000,00
Midia Max
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.