Cidades

Jovem que foi agredida e teve o cabelo raspado em Umuarama conta detalhes do sequestro


A garota de 19 anos que foi sequestrada, agredida e teve a cabeça raspada na madrugada de quarta-feira (14) em Umuarama prestou depoimento na delegacia de polícia pela manhã. A jovem está com vários ferimentos pelo corpo e foi submetida a exame de lesões corporais no Instituto Médico Legal (IML).
O caso foi registrado inicialmente pela Polícia Militar por volta da 1h. A vítima estava na garupa de uma Honda Biz em movimento pela avenida Julio Cezar Jarros, no Parque Danielle, quando o veículo foi atingido por um Ford Escort ocupado por três desconhecidos. Conforme o relato, após a colisão, a jovem foi arremessada para longe da moto e um dos ocupantes do carro a colocou no porta malas do Escort.
Os criminosos estavam encapuzados e a levaram até uma estrada rural nos fundos do jardim Aeroporto. Lá ela foi agredida e ameaçada de morte, até que fingiu estar desfalecida. Os autores da agressão fugiram.
Os PMs encontraram a garota só depois que testemunhas relataram ter visto o Escort entrando no parque Industrial e que dentro dele estava uma mulher pedindo socorro.
Assim que foi localizada, a moça relatou aos policiais que, além de ter sido agredida, os autores do crime usaram uma máquina de corte para rapar sua cabeça.
Com lesões no rosto devido aos socos, além de frimentos nos braço, tronco e nas pernas devido à queda da moto, a vítima foi ouvida logo pela manhã na delegacia. Sua namorada também conversou com os policiais. O piloto da motocicleta em que a garota estava também será ouvido.
De acordo com o delegado Thiago Soares, a linha de investigação a ser seguida ainda não foi encontrada. “Vamos analisar o depoimento da vítima e das testemunhas para encontrar o caminho a ser seguido nas investigações. Nenhuma hipótese é descartada por enquanto”, disse. (O Bem Dito).
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.