Cidades

Agente da dengue é estuprada durante visita e polícia prende suspeito no Paraná

Uma agente de endemias de 24 anos da secretaria de Saúde de Campo Mourão foi estuprada ontem à tarde, enquanto realizava o seu trabalho de fiscalização no quintal de uma residência, no jardim Nossa Senhora Aparecida. O morador, de 19 anos, que estava sozinho em casa, segurou a vítima pelo pescoço e, sob graves ameaças e violência, a levou para dentro de seu quarto, onde abusou sexualmente da jovem.

 A Polícia Civil foi comunicada do crime logo em seguida pela mulher, que foi até a delegacia registrar queixa. Com apoio da Polícia Militar, uma equipe da Polícia Civil foi até a residência do suspeito e o prendeu em flagrante.

Na delegacia, foi constatado que o mesmo rapaz já teria estuprado uma outra mulher no mês de abril deste ano. “A vítima chegou na delegacia por volta das 16 horas para registrar o crime de estupro. Pelas características do indivíduo, suspeitamos que podia ser o mesmo que abusou de outra mulher em abril. A vítima desse primeiro estupro veio à delegacia e fez o reconhecimento”, disse o delegado-chefe da 16ª Subdivisão Policial, Gustavo Pinho Alves.

De acordo com o delegado, o agressor ainda ameaçou de morte a agente de endemias, caso ela contasse o fato a alguém. “É um indivíduo perigoso e que negou o crime quando as equipes chegaram até sua residência. Mas no pescoço dele havia marcas de arranhões da vítima, enquanto tentava se livrar do mesmo”, declarou o delegado.

O agressor foi preso em flagrante pelo estupro ocorrido ontem, e será indiciado também pelo mesmo tipo de crime registrado em abril. A Polícia Civil tem 10 dias para concluir o inquérito e vai pedir a prisão do rapaz. “Esperamos que ele permaneça preso, pois caso seja solto pode voltar a cometer esse tipo de crime.” A secretaria de Saúde informou que vai dar toda assistência à vítima. (TA sabendo) 
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.