Paraná

Mulher morre depois de carro ser arrastado por trem, em Morretes


Uma mulher de 53 anos morreu depois de o carro em que ela estava ser atingido e arrastado por um trem em Morretes, no litoral do Paraná, na manhã desta sexta-feira (28).

Segundo o Corpo de Bombeiros, ela era passageira do automóvel.

O marido dela, um homem de 78 anos, dirigia o veículo. Um adolescente – neto do casal – também estava no carro.

O acidente aconteceu por volta das 9h15.

O automóvel, de acordo com os bombeiros, pode ter tido algum problema ao atravessar a linha férrea. O idoso e o garoto conseguiram sair do veículo.

O carro foi arrastado por aproximadamente 200 metros, ainda segundo o Corpo de Bombeiros.



O que diz a concessionária
Por meio de nota, a concessionária Rumo, responsável pelo trem, lamentou o acidente.

A Rumo informou que a colisão ocorreu após o automóvel parar sobre a passagem em nível no momento em que o trem se aproximava.

"O maquinista acionou todos os procedimentos de segurança, acionando a buzina e os freios de emergência, mas não foi possível parar a tempo, devido às proporções do trem. O local é devidamente sinalizado e de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a linha férrea é sempre preferencial, sendo obrigatório que os veículos parem e se certifiquem de que não há trens se aproximando antes de efetuar o cruzamento", diz um trecho da nota.
A concessionária ressaltou que atravessar uma passagem em nível sem antes parar é infração gravíssima.



Fonte:G1 Paraná

Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.