Guarapuava

Polícia investiga morte de advogada de 29 anos em Guarapuava

Delegacia de Guarapuava, na região dos Centro-Sul do Paraná, investiga a morte da advogada Tatiane Spitzner, de 29 anos. O corpo dela deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) durante a madrugada deste domingo (22) e, de acordo com a causa preliminar, a morte foi ocasionada por queda.

O marido de Tatiane foi preso em São Miguel do Iguaçu, no oeste do estado, e é apontado como suspeito pelo crime. Informações preliminares dão conta que a advogada morreu após cair do quarto andar de um prédio.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Guarapuava lamentou a morte e pediu rápida apuração do caso. “É com muito pesar que recebemos a notícia de falecimento da jovem advogada Tatiane Spitzner, de Guarapuava. A diretoria da OAB Guarapuava pede às autoridades a elucidação do caso o mais breve possível. A OAB Guarapuava se solidariza com os familiares e amigos, pedindo conforto a seus corações e forças para transformar a dor da perda em esperança. 
Transmitimos nossos mais profundos sentimentos”, informou.

Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.