Paraná

Piloto que comandava avião que caiu em Paula Freitas estava com habilitação e licenças em dia

O piloto Laércio Tavares da Silva, que comandava o avião que caiu em Paula Freitas, na manhã de ontem (22), era habilitado e estava com todas as licenças em dia. Ele, o co-piloto Luis Fernando de Souza e Bernardo Carli morreram no acidente.

Segundo o a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) Laerte estava apto para voar com esse tipo de aeronave. Trata-se da habilitação MLTE, ou multimotores. É um tipo de habilitação que exige experiência prévia. Ele obteve a carteira em 2014 e estava apto até fevereiro de 2020.

Além disso, ele era habilitado para operar aeronaves por instrumentos (IFRA), que possibilita ao piloto aptidão para voar em condições meteorológicas adversas, utilizando apenas os instrumentos de bordo. Tinha habilitação para operar como instrutor e seu o exame médico estava em dia.

Tinha licença para pilotar em voos privados desde 1999 e também obteve licença para ser piloto comercial (2007) e de linha aérea (2011).
Central Cultura
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.