Paraná

Pastor que desapareceu em Londrina está sendo investigado por estelionato

O pastor Edvaldo de Oliveira, 57, desaparecido desde sexta-feira (13), agora está sendo investigado por estelionato. A polícia suspeita que o homem tenha fugido da cidade com dinheiro que seriam de dízimos de fiéis destinados à igreja onde ele atuava.
A linha de investigação apurou que Edvaldo realizou saques em agências bancárias da região, e teria se hospedado por duas noites em um hotel de Rolândia, na grande Londrina, antes de seguir para Guaíra, no sudoeste do estado, e de lá partir para São Paulo.
Edvaldo aparece nas imagens do circuito interno do banco Sicoob, na avenida Saul Elkind, zona norte da cidade.
Conforme a polícia, o homem entrou no local normalmente, fez as transações financeiras e saiu sem indicar que alguém o acompanhava. Em Rolândia, a polícia diz que ele também efetuou saques em dinheiro numa agência local, igualmente, sem qualquer demonstração que estivesse sendo vítima de um crime.
Segundo a gerência de um hotel de Rolândia, o homem permaneceu duas noites hospedado no local. A recepcionista foi quem o reconheceu depois da divulgação de seu retrato nas redes sociais.
A investigação também apurou que Edvaldo usou um RG de São Paulo para embarcar no ônibus rumo ao estado vizinho. Imagens da rodoviária de SP são aguardadas pela Polícia Civil, para apurar o paradeiro do pastor.
24 Horas
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.