Brasil

Explosão de celular deixa três feridos

Uma explosão de um celular causou um incêndio em uma residência localizada no município de Cacimba de Dentro, Agreste paraibano, nesta terça-feira (24). O pai, dois filhos e a mãe das crianças foram atingidos pelas chamas.
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o celular estava ligado à tomada carregando a bateria. Em estado grave, o pai e as crianças foram encaminhados ao Hospital de Trauma de João Pessoa pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A mãe dos meninos foi atendida no hospital da cidade.
Em junho, um homem de 22 anos sofreu uma parada cardíaca após receber um choque em Taubaté (SP) quando ele tentou usar o celular conectado ao carregador. Um adolescente de 16 anos foi eletrocutado em Tianguá (CE) em plena sala de aula, quando atendeu uma ligação enquanto o celular estava carregando via computador. Em julho, um enfermeiro de Araçatuba (SP) teve a perna queimada após seu aparelho explodir dentro do bolso da calça jeans.
As explosões são consequência do superaquecimento dos aparelhos, cujas baterias de íon-lítio podem aguentar temperaturas de até 60º C. A maior parte dos dispositivos tem uma válvula que abre para evitar explosão, o mesmo mecanismo de uma panela de pressão. A recomendação é só usar carregadores certificados e tirar da tomada assim que o celular estiver carregado.
Portal OP9 entrou em contato com a assessoria de comunicação do Hospital de Trauma que informou que as vítimas permanecem internadas, mas que o estado de saúde delas é grave
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.