Laranjeiras do Sul

Coasul vai construir Unidade de recebimento, armazenamento e beneficiamento de grãos em LS

A Coasul vai construir uma Unidade de recebimento, armazenamento e beneficiamento de grãos em Laranjeiras do Sul. O investimento será de R$ 20 milhões. Na terça-feira, 17, o prefeito Berto Silva acompanhado do Gerente da Área Operacional da Cooperativa, Luiz Carlos Valter, esteve visitando o local onde a obra está sendo construída. Também acompanharam o prefeito nesta visita, o secretário de Finanças, Deoclécio De Nez, o secretário de Obras e Urbanismo, Leoni Luiz Meletti, além do Engenheiro Civil e ex-secretário de governo e gestão Everson Mesquita. 

Em terreno adquirido pela Cooperativa na Colônia Santo Antônio, as margens da BR-158, medindo 125 mil metros quadrados, a cooperativa vai construir uma loja de insumos com barracão de dois pisos, medindo 62x30; uma unidade para classificação de grãos; duas balanças; dois tombadores, um para carreta e outro para caminhão truck; dois silos, um para 250 mil e outro para 100 mil sacas; um secador para 150 toneladas/hora; dois silos pulmão de 20 mil sacas e três silos moega de 7 mil sacas cada. 

De acordo com o gerente operacional da Coasul, com recursos próprios já foi realizada a terraplanagem para a construção da loja, depósito de insumos e moegas, sendo utilizada 300 horas máquinas. “Estamos em estágio inicial. A terraplanagem como houve uma polêmica eu gostaria de esclarecer que a gente iniciou com recursos próprios. Ela não foi concluída, pois falta ainda a construção do trevo e estradas dentro do entreposto. Para tudo isso calculamos que seria necessárias 900 horas máquinas”, disse Luiz Carlos Valter. 

O prefeito Berto Silva pediu desculpas pelo ocorrido (reprovação da Câmara para incentivos) e obteve a garantia de que o investimento em Laranjeiras do Sul está assegurado. “Independente do apoio ou não a Coasul vai construir uma Unidade no município. A obra já está contratada e vem atender reivindicação dos cerca de 120 associados que a Cooperativa tem no município e que são obrigados a entregar a safra nos entrepostos de Rio Bonito do Iguaçu ou em Porto Barreiro”, disse Luiz Carlos.

Dentro da política de promover o desenvolvimento econômico de Laranjeiras do Sul, a prefeitura tem auxiliado a Coasul na obra. “Eu gostaria de agradecer a prefeitura que liberou o alvará de construção e isentou a Cooperativa do pagamento do ISSQN, que gira em torno de 65 a 70 mil reais. Isso mostra que a prefeitura está empenhada que a Coasul se instale em Laranjeiras do Sul”, finalizou o gerente operacional. 

A previsão é que a obra seja concluída no final do mês de dezembro e inicie o atendimento em janeiro de 2019. 
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.