Brasil

Leite de vaca pode conter pus e até sangue

Muita gente costuma tomar leite diariamente e alguns especialistas até recomendam o consumo da bebida para evitar problemas como anemia e osteoporose. O que pouca gente sabe é que durante o processo de extração do leite da vaca, é possível que alguns vestígios de pus entrem em contato com a bebida, já que, por conta da constante extração do produto, os animais podem desenvolver inflamações das mamas.

Somente durante o processo de esterilização do leite, chamado de pasteurização, as bactérias são eliminadas, mas o pus continua presente, mesmo esterilizado.
“A recomendação é não usar o leite ‘in natura’, apenas pasteurizado, já que as práticas de higiene durante a extração e manipulação do leite podem gerar riscos para a saúde”, explicou a nutricionista Cláudia Montal.
Porém, segundo ela, o leite processado também não seria o mais recomendado, já que o Guia Alimentar da População Brasileira indica o consumo de alimentos mais naturais possíveis.
“A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que o aleitamento materno seja mantido até os dois anos de idade, depois disso, algumas correntes não costumam indicar o consumo do leite produzido por outras espécies”, destacou a nutricionista.
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.