Guarapuava

Hospital Santa Tereza em NOTA garante que jovem morreu no PÓS PARTO

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Frente à difusão de boatos inverídicos nas redes sociais a respeito do caso da jovem K.O.L, de 16 anos, o Instituto Virmond vem a público esclarecer que a paciente deu entrada no HST, acompanhada pela mãe, no último domingo, dia 3 de junho, por volta das 22h30. Quando chegou ao hospital, a paciente já estava em trabalho de parto, com 7 centímetros de dilatação do colo do útero e prontamente foi internada.


O parto, assistido pela equipe médica do hospital, foi bem sucedido e a criança, do sexo feminino, nasceu em boas condições de saúde às 00h26 do dia 4 de junho. Após a realização do parto, a paciente evoluiu com atonia uterina e sangramento pós-parto importante. Imediatamente, seguindo as indicações de Literatura Médica e Procedimentos Obstétricos, a equipe iniciou os procedimentos pertinentes, com medicamentos, transfusão sanguínea, encaminhamento para UTI e demais cuidados. Infelizmente, apesar de todo o esforço da equipe médica e de enfermagem, com tentativas frustradas de reanimação e de medidas recomendadas para o caso, a mesma evoluiu com óbito no dia 4 de junho, às 07h45. Estes fatos estão descritos no prontuário médico da paciente.

 O Instituto Virmond lamenta profundamente o desfecho e a morte da paciente. Foi uma triste fatalidade, que entristece toda equipe. A instituição presta solidariedade e coloca-se à disposição da família. A hemorragia pós-parto é a maior causa de mortalidade materna no mundo e pode ocorrer após partos normais, ou por cesarianas. A atonia uterina é a principal causa de hemorragia pós-parto. O Instituto Virmond realiza, mensalmente, aproximadamente 140 partos pelo SUS. É integrante do programa Rede Mãe Paranaense, seguindo protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde e Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. 

HOSPITAL EM DIFICULDADES FINANCEIRAS

Na noite da última terça (5), funcionários do Instituto Virmond estiveram presentes na Câmara Municipal de Guarapuava para expor aos vereadores as dificuldades enfrentadas pelo Hospital Santa Tereza.

O Instituto Virmond é uma instituição filantrópica. Mais de 90% dos atendimentos são prestados pelo SUS, porém os valores repassados pelos órgãos responsáveis são insuficientes para manter a saúde financeira do hospital. 
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.