Laranjeiras do Sul

Alerta - Secretaria de Saúde acompanha caso de Meningite em Laranjeiras do Sul

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nota sobre dois casos de Meningite Bacteriana em Laranjeiras do Sul. Um caso foi descartado e outro confirmado. De acordo com o comunicado, em 2017, três casos foram notificados, um confirmado como meningite bacteriana, um meningite viral e um caso foi descartado. Todos os pacientes tiveram boa evolução. 

Agora em 2018, dois casos já foram notificados, sendo que um foi descartado e um confirmado para meningite bacteriana. Trata-se de uma pessoa adulta e o estado de saúde é estável. A Meningite, é uma doença que aparece em todas as estações, porém no inverno há maior incidência de casos, tendo em vista que as pessoas ficam mais tempo em ambientes fechados. 

“A Meningite, é uma infecção que se instala principalmente quando uma bactéria ou vírus, por alguma razão, consegue vencer as defesas do organismo e ataca as meninges e podem também ser provocadas por fungos. É uma doença que atinge o sistema nervoso, caracterizada por um processo inflamatório que atinge a membrana que envolve o cérebro e a medula espinhal das pessoas, frequentemente é ocasionada por vírus ou bactéria, sendo a meningite bacteriana a forma mais grave desta doença”, afirmou a enfermeira responsável pelo setor de epidemiologia do município Patrícia Massuqueto.

Doença
Existem dois tipos de Meningites, a viral e a bacteriana. No primeiro caso, viral, o quadro é mais leve. Os sintomas se assemelham aos das gripes e resfriados. Acomete principalmente as crianças, que têm febre, dor de cabeça, um pouco de rigidez da nuca, inapetência e ficam irritadas.

Já a bacteriana, são mais graves e devem ser tratadas imediatamente. Os principais agentes causadores da doença são as bactérias meningococos, pneumococos e hemófilos, transmitidas pelas vias respiratórias ou associadas a quadros infecciosos de ouvido, por exemplo.

Sintomas
Febre alta e persistente, dor de cabeça por vezes insuportável, dor na nuca podendo ocasionar rigidez no pescoço, vômitos, perda do apetite, sonolência, confusão mental, agitação, grande sensibilidade à luz. Pode apresentar ainda manchas no corpo, diarreia, crises convulsivas, coma. As crianças normalmente permanecem quietas, pouco ativas. No caso das meningites bacterianas a evolução é muito rápida, podendo agravar em horas.

Como se transmite
De uma pessoa para outra pela tosse, espirro e pelas mãos sujas, no caso de alguns vírus, isto é, vias fecal-oral, oral-oral, respiratória.

Alguns cuidados que a população deve ter o ano inteiro
- Lavar as mãos frequentemente
- Proteger nariz e a boca com o braço ao espirrar ou tossir
- Não secar as mãos em toalhas úmidas. Em local coletivo utilizar de toalhas descartáveis
- Evitar locais fechados e aglomerados
- Manter o ambiente limpo e arejado
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.