Cidades

Porta de ambulância cai na cabeça de motorista em Ponta Grossa


Uma motorista do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ficou ferida após ser atingida pela porta da própria ambulância. O incidente foi registrado na manhã deste sábado (14) quando a profissional buscava insumos para as atividades rotineiras do Samu no Pronto Socorro Municipal (PSM) de Ponta Grossa. A reportagem do portal aRede apurou as circunstâncias em que o acidente aconteceu - o caso foi classificado como uma "fatalidade" pelos profissionais envolvidos. A motorista atingida sofreu um corte superficial na cabeça, teve que receber curativos e passar por tomografias, mas não teve nenhum ferimento de maior gravidade.

 A porta da ambulância caiu na cabeça da socorrista quando ela tentava abrir o veículo para colocar os insumos que foi buscar no PSM. O veículo em que o acidente aconteceu é uma Renault Master 2004 com mais de 260 mil KMs rodados - o carro foi o primeiro veículo recebido pelo Samu em Ponta Grossa, ainda em 2005, ano de fundação do serviço na cidade. Funcionários do órgão contaram que o veículo é utilizado apenas para atendimentos sem urgência e emergência e não participa de resgate ou de outras atividades mais ostensivas atendidas pelos profissionais. A reportagem do portal aRedeapurou ainda que o Samu tem, ao todo, seis ambulâncias que se revezam nas atividades de urgência e emergência - uma delas estaria 'baixada' para conserto. A lei federal que rege a atividade do Samu prevê que o cálculo do número de veículos seja de uma ambulância para 100 mil habitantes - diante desse parâmetro, Ponta Grossa teria ainda uma situação mais "confortável" do que outros municípios. A REDE
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.