Brasil

Governador do RJ inaugura aparelho que não funciona em hospital de São Gonçalo


O governador do RJ, Luiz Fernando Pezão, inaugurou, na quarta-feira(4) , um a aparelho de ressonância magnética que não funciona. Ao lado do secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior, ele participou da cerimônia de inauguração no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo.

Na ocasião, Pezão afirmou que era "uma alegria entregar um centro de imagem tão moderno depois de um ano de crise severa". Já o secretário afirmou na época que "o aparelho de ressonância está disponível para atender cerca de dois milhões de habitantes que moram nesta região". O equipamento, no entanto, ainda não funciona.

Sem se identificar, um funcionário do hospital informou que a previsão é que o aparelho só entre em funcionamento dentro de três meses.

A direção do Heat sabia que o aparelho inaugurado não estava em funcionamento. A empresa fabricante já havia informado à chefia do hospital que a máquina precisava de alguns ajustes técnicos e que só começaria a funcionar 15 dias após a inauguração.

Fila de espera
No Rio, quase três mil pessoas esperam para fazer esse tipo de exame. A rede municipal não tem aparelho de ressonância – quem entra no sistema de regulação de vagas da cidade precisa aguardar em uma fila até conseguir uma vaga na rede estadual, no Rio Imagem, localizado no Centro do Rio.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que o Rio Imagem dá apoio a outros muncípios para fazer os exames e que realiza 1,7 mil ressonâncias por mês. Ainda de acordo com o órgão, o equipamento instalado no Heat vai atender os pacientes na fila de espera e que começará a funcionar na próxima semana.

A Prefeitura do Rio informou que, dentro de quatro meses, será possível fazer ressonância no Hospital Miguel Couto.


Fonte:G1
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.