Paraná

Casal de pastores do PR é preso durante culto após condenação por estupro de 5 filhos


Um casal de pastores oriundo de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, foi preso no fim de um culto religioso pela Polícia Civil de Chapecó (oeste de Santa Catarina) na noite de terça-feira (3). O marido de 41 anos e a mulher de 40 foram condenados em 2015 em Foz do Iguaçu pelo estupro dos cinco filhos. Eles estavam foragidos.

“O pai despia as crianças em uma espécie de ritual e abusava de três filhos e duas filhas. A mãe era conivente com os abusos e foi condenada por omissão”, detalhou o delegado Elder Arruda Chaves da Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de Chapecó.

Relato para professora
De acordo com a Polícia Civil, o pai das crianças foi condenado a 22 anos de prisão e a mãe a 16. Os crimes ocorreram em 2007, mas chegaram ao conhecimento da polícia em 2009. “Uma das filhas relatou os abusos à professora, que denunciou ao Conselho Tutelar. Depois, o caso foi reportado à Polícia Civil”, acrescentou o delegado.

Conforme Elder Arruda Chaves, três filhos foram tirados do casal pela Justiça e entregues para adoção. Outro, já adulto, e uma adolescente estavam com os pais em Foz do Iguaçu.

Nesta manhã, os dois pastores foram levados à Central de Plantão Policial e depois encaminhados para ao Presídio Regional de Chapecó.


As informações são da NSCTV
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.