Brasil

Idosa acusada de envenenar a comida do genro no Mato Grosso

Idosa de 62 anos, suspeita de envenenar com chumbinho a comida do genro de 42 anos, no dia 18 deste mês, passou por exame de sanidade mental, a pedido do delegado Alessandro Capobianco, da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Três Lagoas.
De acordo com informações do JP News, o laudo deverá ser juntado ao inquérito, com outros dois exames toxicológicos da vítima, que consumiu uma porção de feijoada e de três cães que morreram ao comerem o mesmo alimento.
Os corpos dos cachorros foram exumados para exames na semana passada. Eles foram enterrados no quintal da casa localizada no bairro Guanabara.
O homem passou mal ao comer a feijoada, durante almoço de domingo. A mulher teria oferecido a feijoada para o genro em um prato separado. Ele provou, mas desistiu de comer porque sentiu um gosto amargo. 
Desconfiado, o homem deu a comida para os cachorros, que morreram em seguida. Ele também começou a passar mal, ligou para ambulância e foi internado às pressas no Hospital Auxiliadora, onde precisou passar por desintoxicação. O material para laudo foi colhido no mesmo dia e, juntamente com os dos animais, foram enviados para a Capital, onde deverão ser analisados por laboratório especializado.
A suspeita é de que a comida tenha sido envenenada com “chumbinho”, pois um frasco vazio do veneno teria sido encontrado na casa. O caso está sob segredo de Justiça, segundo informou o delegado Capobianco.
As informações são do Correio do Estado.
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.