Guarapuava

SILVESTRI FILHO DEFENDE MAIS CONCESSÕES E PEDÁGIO MENOR

O pedágio será um dos temas importantes da campanha ao governo deste ano. Os contratos das atuais concessões terminam em 2021, durante a gestão do próximo governador. Portanto, a decisão do que fazer com as estradas será dele.
O prefeito de Guarapuava e pré-candidato ao governo pelo PPS, Cesar Silvestri Filho, entra no debate com uma posição clara sobre o assunto: “não aceito em nenhuma hipótese a renovação dos contratos atuais”, afirma.
Para ele, o modelo adotado aqui foi ruim, mas não deve ser usado para demonizar o mecanismo de concessão de serviços públicos. Silvestri Filho defende uma nova licitação para as rodovias, com  tarifas bem menores e obras realizadas obrigatoriamente nos primeiros anos de concessão. E também a ampliação da parceria com a iniciativa privada para garantir os investimentos em infraestrutura que o Estado precisa.
“Santa Catarina construiu três portos com recursos privados nos
últimos dez anos e hoje boa parte da exportação da produção paranaense é feita por lá. O governo de São Paulo lançou recentemente a concessão de uma rodovia que corta o Estado de ponta a ponta e também um grande programa para aeroportos regionais.  O Paraná não fez qualquer nova concessão importante nesse período e nós estamos perdendo competitividade”, alerta.

Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.