Guarapuava

Morre Jucelino Carlos Nassar (Tocha Tatuador)

Morreu em Curitiba, aos 50 anos, Jucelino Carlos Nassar, mais conhecido com Tocha Tatuador. Seu corpo está sendo translado para Guarapuava.

 O velório será realizado  na Capela Mortuária Particular Santa Cruz e seu sepultamento será no Cemitério Municipal Central em data e horário a ser designado.

 Tocha lutava contra metástase provocadas por câncer no fígado. Ele chegou a ser transplantado, mas a doença já tinha tomado conta de outros órgãos.

Se alguém pensa que esse será um dia triste para quem conheceu Jucelino Nasser, o Tocha, está enganado. O tatuador, que marcou época em Guarapuava, Ponta Grossa e nas praias do litoral paranaense e de Santa Catarina, segue para outra dimensão de forma livre, como sempre foi.
Vítima de um câncer no fígado e que gerou metástase por outros órgãos, Tocha lutou pela vida enquanto pode. Fez transplante, tratou a doença, não desistiu, mas como dizem por aí, a sua hora chegou. Ele morreu por volta das 03 horas da madrugada desta terça feira (20), no Hospital São Vicente em Curitiba. Seu corpo está sendo transladado para Guarapuava e o velório começará por volta das 15h50 na Capela Funerária Santa Terezinha, localizada na  Rua Tiradentes, 419, Centro. O sepultamento será no Cemitério Municipal, às 10 horas, amanhã, quarta (21).
Mas o dia de hoje (20) será marcado por homenagens. Desde que a notícia de sua morte se espalhou, amigos tomam conta das redes sociais para homenageá-lo. Outros preparam o que pedido que Tocha fez nos últimos momentos. “Ele quer um velório alegre, com muito rock, cerveja, motoqueiros. Enfim, tudo o que gostou de fazer. E vamos fazer como ele pediu”, disse Thiago Morgado Aragão, amigo do tatuador.

RSN
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.