Brasil

Polícia investiga se idoso morreu de infarto após noite de sexo

A Polícia Civil investiga se o aposentado Luiz Sales Moreno, 60 anos, morreu de infarto após noite de sexo. Ele foi encontrado morto com as mãos e os pés amarrados por um tecido fino, na manhã desta terça-feira (9), na Rua Casuarina, no Núcleo Habitacional Buriti, em Campo Grande.
Conforme o delegado Edemilson José Holler, da 6ª Delegacia de Polícia, não foram encontradas marcas de violência no corpo. Uma das hipóteses é de que o aposentado tenha sofrido enfarto após encontro amoroso. No entanto, apenas laudo necroscópico  irá apontar as causas da morte.
Em frente a casa, que o idoso morava, há câmeras de segurança e as imagens devem ajudar a polícia nas investigações, como por exemplo, esclarecer se alguém desconhecido esteve na residência antes de Luiz ser encontrado morto.
Dias antes, o idoso havia recebido a aposentadoria, porém a carteira dele com dinheiro não foi localizada. “O crime de latrocínio - roubo seguido de morte - não é descartado. Trabalhamos também com essa hipótese”, explica o delegado.
Segundo o aposentado José Eulálio Sales, 53 anos, irmão da vítima, Luiz morava sozinho, era alcoólatra e foi visto pela última vez no domingo. "O dinheiro dele não foi encontrado. Vamos aguardar a investigação para saber o que de fato aconteceu", diz José. 
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.