Brasil

Mãe vai à polícia e denuncia estupro da filha de 12 anos por funcionário de igreja em SP

Uma dona de casa registrou um boletim de ocorrência na sexta-feira (1º) em Ribeirão Preto (SP) em que acusa o funcionário de uma igreja evangélica de estuprar a filha dela, de 12 anos. Segundo a mulher, a menina foi atraída pelo suspeito com a promessa de que ele compraria alimentos para a família.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e um inquérito deverá ser instaurado.
A mulher contou à polícia que há alguns meses começou a perceber mudanças no comportamento da filha, que evitava falar com a mãe e vinha apresentando queda no rendimento escolar.

Em uma das tentativas de descobrir se havia algum problema, a adolescente afirmou à mãe que havia sido abusada sexualmente pelo homem, que é conhecido da família. A jovem contou que o suspeito, que é casado, prometia levá-la ao supermercado para comprar alimentos, porque a família é de baixa renda, mas que desviava o trajeto e a levá-la para a casa dele, no bairro Ipiranga.

A adolescente contou à mãe que foi obrigada a manter relações sexuais com o homem por pelo menos dez vezes no mês de agosto. Ainda segundo a estudante, o suspeito contou a ela que tinha feito a mesma coisa anteriormente com outras duas jovens, também menores de idade, inclusive mostrou fotos das vítimas.

A jovem deverá passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) de Ribeirão Preto. O suspeito foi apontado pela mãe e pela vítima à polícia e o caso deverá ser investigado.

Fonte:G1
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.