Brasil

Idosa e filha têm água de casa cortada após deixarem de pagar conta que subiu de R$ 100 para R$ 13 mil em Goiás


Uma idosa de 90 anos, e a filha dela, de 62, tiveram a água da casa cortada depois que deixaram de pagar uma conta que subiu de R$ 100 para R$ 13 mil, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Elas afirmam que contestaram o valor, e a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) fez uma vistoria, identificando um vazamento. Depois que foram feitos os reparos, a empresa reduziu o valor para R$ 3 mil.

A aposentada Leonina Machado e a filha dela, Maria Lúcia Machado Dias, voltaram a reclamar na empresa, alegando que não tinham condições de pagar a conta. A Saneago então gerou um outro boleto, reduzindo o valor para R$ 800. No entanto, as idosas afirmam que não têm condições de fazer o pagamento, que é oito vezes mais caro que o que costumavam pagar.

“A gente não usou esse tanto de água. Não tem condições, a gente não usou. Eu queria que eles abaixassem bem mais. Como que a gente vai pagar a água deste valor?”, questionou Maria Lúcia.

Em nota enviada à TV Anhanguera, a Saneago informou que “está à disposição para negociar o valor e as formas de pagamento”. Disse ainda que, para isso, as clientes devem ir até uma agência de atendimento, com os documentos pessoais e do imóvel. Segundo a empresa, o desconto foi dado na conta das idosas e o “refaturamento respeitou o cálculo previsto na resolução da AGR [Agência Goiana de Regulação] sobre o tema”.

Leonina e Maria Lúcia contam que moram sozinhas na casa, e sempre pagaram as contas em dia. A frequência foi interrompida quando a conta do último mês de outubro chegou no valor de R$ 13 mil. Depois da reclamação e da vistoria feita pela Saneago, a própria família arcou com a troca de toda a instalação hidráulica da residência.

Por não ter condições de pagar o boleto de R$ 800 gerado pela empresa após uma série de reclamações, o fornecimento continua interrompido. As idosas contam que se sustentam com a aposentadoria, e atualmente estão contando com a ajuda de outra filha de Leonina, que mora ao lado, e passa água por uma mangueira para a residência.

Leonina Machado e a filha dela, Maria Lúcia Machado Dias, em Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)
Leonina Machado e a filha dela, Maria Lúcia Machado Dias, em Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

Fonte:G1
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.