Cantu

Cadeirante é encontrada morta e com sinais de violência sexual

Um crime bárbaro foi registrado na manhã deste domingo (03), na Rua dos Pioneiros, bairro Jardim Floresta em Três Barras do Paraná. Luana Boeger, 18 anos que era cadeirante, foi encontrada morta e com sinais de violência sexual. Segundo informações da mãe, a vítima havia dito que seria morta, porém não deu maiores detalhes.
A jovem saiu de casa por volta das 22 horas de sábado com sua cadeira motorizada e foi encontrada por volta das 8 horas da manhã, por um morador que viu a cadeira ao lado da rua e o corpo da moça em uma plantação de soja com sinais de violência sexual e com a face desfigurada por golpes de objetos. No local havia tijolos com manchas de sangue.
A Polícia Militar fez o isolamento da área e comunicou a Polícia Civil de Catanduvas e o IML de Cascavel.

Suspeito preso
Equipes da Polícia Civil e Militar iniciaram as buscas e através de imagens de circuitos internos de comércios, residências e ainda depoimentos de pessoas que estiveram com a vítima durante a noite conseguiram prender o suspeito, identificado como Tatu.
O acusado aparece em diversas imagens com a vítima em diferentes pontos da cidade antes do crime. Na casa dele foram localizadas as roupas que ele usava com manchas de sangue.
Segundo a polícia, o acusado já responde pelo crime de estupro ocorrido em 2014 no município de Três Barras do Paraná. Durante o depoimento o suspeito entrou em contradição, não convencendo os policiais. Ele foi encaminhado a delegacia de Polícia Civil de Catanduvas. As investigações continuam.
Informações Click 3
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.