Brasil

Mãe estupra bebê com legumes até a morte: ‘Fígado dilacerado’


Alguns crimes assustam pela forma como acontecem. Famílias, por exemplo, muitas vezes são destruídas por enormes barbaridades que acontecem dentro de casa. Um casal, por exemplo, acabou sendo preso por abusar sexualmente de uma criança, o próprio filho.

O menino, de nome Bruno, tinha apenas dois anos. Ele era vítima constante do padrasto e da mãe. O garoto morreu pouco depois de entrar em uma unidade hospitalar de Goiânia, na capital do estado de Goiás. A criancinha foi torturada de todas as formas, antes de sair dessa vida.

Na delegacia, os pais chegaram a inventar um acidente. Eles disseram que bateram com o carro e que o menino se machucou muito. Médicos que atenderam a criança, entretanto, notaram que ela estava cheia de hematomas estranhos e avisaram a polícia.

Ao investigar um pouco mais o caso, os policiais descobriram que haviam queixas contra o casal por maus tratos. O Conselho Tutelar da região chegou a fazer uma denúncia formal contra eles.

Com a denúncia em mãos, os profissionais da polícia decidiram bater de frente com o casal e o que descobriram, a partir de então, foi verdadeiramente assustador: a mãe do menino Bruno sabia que o garoto sofria maus tratos, mas não fazia nada.

Fonte: G1
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.