domingo, 1 de outubro de 2017

Alerta: Tempestades destrutivas atingirão muitos Estados do Brasil

De acordo com o CPTEC/INPE, há risco moderado para ocorrência de fenômeno meteorológico adverso dentro das próximas 72 horas. O órgão alerta para a ocorrência de granizo, vendavais, chuvas intensas e muitos raios em diversas cidades em diferentes Estados.
“A partir de hoje, Domingo 01 de outubro de 2017, um novo cavado em níveis médio deverá se deslocar de oeste sobre a Argentina, e a advecção de vorticidade ciclônica na vanguarda deste sistema, deverá favorecer a queda de pressão em superfície, dando origem a uma nova onda frontal. A frente fria associada a este sistema deverá provocar forte instabilidade sobre o Rio Grande do Sul e oeste dos estados de Santa Catarina e Paraná, além do sul de Mato Grosso do Sul. Na segunda-feira dia 02/10, a frente fria deverá continuar avançando sobre o o Brasil e a tendência é que esse deslocamento gere forte instabilidade entre o Mato Grosso do Sul, centro-sul do Mato Grosso e de Rondônia, sul de Goiás, norte e centro-leste do Paraná, centro-leste de Santa Catarina, grande parte de São Paulo, triângulo e sul/sudeste de Minas Gerais.  íntegra De Olho no Tempo”  O Instituto Nacional de Meteorologia também emitiu alertas de perigo para o Sul.
Na área em destaque, ocorrerão pancadas de chuva, que localmente devem ser de forte intensidade, acompanhadas de descarga elétricas, rajadas de vento ocasional queda de granizo e, pontuais acumulados expressivos de precipitação.
Para os próximos dois dias os alertas são mantidos, porém, eles podem ser atualizados:
Além do Brasil, Uruguai, Argentina, Bolívia e Paraguai também devem ser atingidos. O alerta de tormentas destrutivas é mantido para Sul, Sudeste e Centro-Oeste devido a intensidade das mesmas, que poderão causar danos severos e prejuízos humanos.
Monitore o tempo abaixo, se não abrir, Clique aqui. Em caso de emergência, solicite auxílio pelo Corpo de Bombeiros ou Defesa Civil local.
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco