segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Morre mulher ferida em explosão, durante tentativa de aplicar pesticida em cachorro no Pr


Uma das vítimas que sofreu queimaduras em uma explosão, durante tentativa de aplicar pesticida em um cachorro, em Paranavaí, no noroeste do Paraná, morreu na noite de sábado (9). Marlene Vidal, de 55 anos, estava internada no setor de queimados do Hospital Universitário de Londrina, no norte do estado, desde o dia 30 de agosto.

Segundo o hospital, ela ficou 10 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), após ter 47% do corpo queimado.

De acordo com a funerária responsável, o corpo de Marlene Vidal foi sepultado no Cemitério Municipal de Paranavaí, na manhã deste domingo (10).

O acidente aconteceu no dia 28 de agosto. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a mulher tentava, com outras duas pessoas, passar a substância no cachorro da família, que estava muito agitado.

Para acalmá-lo, os vizinhos relataram que as vítimas usaram uma arma de choque. A faísca da arma entrou em contato com o pesticida, que é inflamável, e causou a explosão.
Outras duas pessoas também ficaram feridas. Um homem de 50 anos teve mais de 50% do corpo queimado e segue internado em estado grave até este domingo. A outra vítima, de 34 anos, chegou a ser internada com ferimentos mas recebeu alta na semana passada.


Fonte:G1 Paraná
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco