quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Greve dos Correios paralisa 6,5 mil funcionários no PR

Seis mil e quinhentos funcionários dos Correios cruzaram os braços nesta quarta-feira, no primeiro dia de paralisação da categoria. A estimativa é do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Paraná (Sinticom) que aponta uma adesão de 70% dos funcionários. Na região Norte do Estado, entretanto, a adesão foi mais tímida e novas assembleias serão realizadas.
Em Arapongas, segundo o sindicato, dos 40 funcionários, 15 aderiram à greve nesta quarta-feira. Em Apucarana, que também tem cerca de 40 trabalhadores, apenas um aderiu ao movimento.
Segundo o diretor regional do Sinticom, Cristian Felipe Pires, a adesão na região deve aumentar após a realização de uma nova rodada de assembleias previstas para ocorrer nesta quinta-feira em Londrina. “Na nossa região, muitos funcionários optaram por esperar uma nova proposta da empresa, mas as negociações já foram encerradas nacionalmente”, comenta.
Os funcionários dos Correios querem 8% de reposição da inflação cuja data-base deveria ter sido efetivada no dia 1º de agosto. Também exigem a manutenção dos benefícios conquistados no último acordo coletivo.
Os trabalhadores são contra o fechamento dos bancos postais, que por determinação da direção da ECT atingem 412 agências no Paraná. “Queremos também a garantia que os Correios continue público porque prestamos um importante serviço à população”, comenta.
Fonte:TN Online
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco