quinta-feira, 6 de julho de 2017

Secretário de Agricultura e Secretário de Finanças do Município Participam de Simpósio sobre ICMS Ecológico em Laranjeiras do Sul

Na tarde desta quarta-feira, 5 de junho 2017 aconteceu no Auditório da Sociedade Rural de Laranjeiras do Sul (Parque de Eventos), o 2º Simpósio Ambiental da Região da Cantuquiriguaçu. 
Entre os palestrantes estava o coordenador do Comitê Técnico-Científico do projeto, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Rubens Lei.
Também falou aos presentes o representante da Secretaria da Fazenda do Estado do Paraná , Luiz Carlos Ribas, sobre FPM e ICMS Ecológico.
O comitê é integrado por 10 técnicos, e tem como objetivo, monitorar o cumprimento dos Termos de Compromisso firmados entre as prefeituras beneficiárias e o IAP para o projeto ICMS Ecológico por Unidade de Conservação.
Baseado nesse trabalho que serão elaboradas propostas de aperfeiçoamento técnico-científico do projeto para garantir maior ganho ambiental às Unidades de Conservação e demais áreas especialmente protegidas. “As pessoas que compõem o comitê terão a função de auxiliar o coordenador do grupo para definir os critérios que serão utilizados nas tabelas de avaliação e repasse do recurso aos municípios. Também poderão propor novos procedimentos que incentivem o ganho ambiental das áreas preservadas”, explica o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do IAP, Guilherme Vasconcellos.
A medida atende portaria do IAP (nº 263/1998) que criou o Cadastro Estadual de Unidades de Conservação e Áreas Protegidas (CEUC), e define conceitos, parâmetros e procedimentos para o cálculo dos Coeficientes de Conservação da Biodiversidade e dos Índices Ambientais dos Municípios por Unidades de Conservação, entre outros.
Este programa, foi criado em 1991, e tem como objetivo repassar recursos para as cidades que mantém áreas de mata nativa ou de mananciais bem preservadas, se utilizando de plano de manejo, investimentos e melhorias para a recuperação ambiental.
Do total do ICMS arrecadado pelo Estado do Paraná, 5% é destinado aos municípios de forma proporcional, em função do tamanho, importância, grau de investimento na área e manancial de captação.
O Secretário de Agricultura do Município de Nova Laranjeiras Victor Luiz Zago, o Secretário de Finanças Sandro Veronese o Engenheiro Agrônomo e gestor ambiental Antônio Elizeu Souza Participaram do que contou com a presença de prefeitos, vice-prefeitos, secretários de Agricultura e Meio Ambiente, além de representantes de órgãos públicos e de entidades da região. 
Na região da Cantuquiriguaçu poucos municípios contam com quantias significativas destes recursos extras, entre eles, Rio Bonito do Iguaçu, Nova Laranjeiras, Espigão Alto, Candói e Três Barras do Paraná.


Fonte:Assessoria de Imprensa
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco