sexta-feira, 21 de julho de 2017

Coordenadores dos Acampamentos pedem apoio para criação de novo assentamento



Aconteceu uma importante reunião no gabinete do prefeito Ademir Fagundes (Gaúcho) junto com os coordenadores das seis localidades que formam os Acampamentos Herdeiros da Terra e Primeiro de Maio, em Rio Bonito do Iguaçu, na manhã desta quarta-feira, 19.
 
 
 
As lideranças dos acampamentos solicitaram uma “Moção de Apoio” por parte da Prefeitura apoiando o processo de criação de um novo assentamento no município. Atualmente estão acampadas 1.224 famílias.
 
 
 
Essa “Moção” será entregue paras diversas entidades como o Ministério Público, Comissão de Direitos Humanos da Alep-PR, Defensoria Pública, Governo do Paraná (Casa Civil), MST, Movimentos Sociais, entidades constituídas que representam dos trabalhadores do campo, Grupos de Trabalho (GT) e outros.
 
 
De acordo com ofício entregue em mãos ao prefeito com o timbre do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a criação de um novo assentamento em Rio Bonito geraria mais de 10.000 (dez mil) empregos diretos e cerca de 7.000 (sete mil) indiretos.
 
 
O prefeito Ademir Fagundes durante a reunião, afirmou que sua administração está à disposição em ajudar os acampados no que for do alcance do Executivo em reivindicar a criação do novo assentamento.
 
 
 
“A administração está aqui para auxiliar vocês. Ultimamente estamos tomando várias ações, como as entregas dos Contratos de Concessão de Uso aos assentados, este que é o primeiro passo para regularização das propriedades. Além disso, estamos instalando o escritório do Incra no município. Nós temos um ótimo trânsito junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário e apoiamos com firmeza a criação de um novo assentamento, mas depende exclusivamente da vontade do Incra”, explica o prefeito Ademir Fagundes.
 
 
“Aqui estamos em nome de Rio Bonito do Iguaçu. Não é representando o partido A ou B. Esta administração quer ajudar o pequeno. Vamos reivindicar os direitos de vocês junto ao Incra, porque é deles que depende tudo. Temos uma família formada, no caso os assentados, acampados e nós da administração, todos juntos conversando, podemos conquistar muito”, salienta o prefeito.
 
 
Para o assessor da Prefeitura, Claudinei Oliboni – também presente na reunião – a atual administração conseguiu em pouco tempo desburocratizar o relacionamento do município com o Incra.
 
 
 
“Em seis meses conseguimos desburocratizar o Incra em Rio Bonito. O escritório que vai atender o nosso povo começa a funcionar no próximo dia 2 de agosto. Por exemplo, quando se tinha que pegar uma declaração de maternidade para alguma acampada, com o Incra agora perto será mais fácil conseguir o benefício. Também será feito o cadastro das famílias acampadas para participarem dos programas do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Tem vários avanços que conseguimos nesse pouco tempo, coisas que antes acreditávamos que seríamos barrados”, destaca Claudinei Oliboni.
 
 
 
 
Assessoria Comunicação RBI
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | 5 anos informando a Cantu. Criado por: Cantu em Foco