quarta-feira, 7 de junho de 2017

Bradesco distribui comunicado interno apoiando Temer

O Banco Bradesco enviou recentemente um comunicado de "circulação interna restrita" a alguns de seus funcionários afirmando a empresa tem uma visão "otimista e construtiva" para os próximos trimestres e "é seguro dizer que a economia está em recuperação".
No comunicado, o economista-chefe do Bradesco, Fernando Honorato Barbosa, que assina o documento, afirma que "a incerteza tem diminuído" e que o Bradesco apoia as impopulares reformas que Temer tenta aprovar no Congresso Nacional, como a terceirização, trabalhista e a previdenciária, e outros atos do governo federal, como o corte no teto de gastos públicos.
No ponto de vista do Bradesco, "a renda real já vem aumentando com a queda da inflação e em breve o emprego também voltará a crescer, favorecendo um ciclo positivo para o país". No primeiro trimestre de 2017, o Bradesco teve lucro líquido contábil de R$ 4,07 bilhões.
O Bradesco entrou em contato com o Jornal do Brasil na noite desta quarta-feira (24) e informou que o documento de circulação interna foi distribuído entre alguns funcionários no dia 16 de maio, portanto antes de vir à tona a delação de Joesley Batista, dono da JBS, que incrimina Temer. O banco afirma, por meio de sua assessoria, que se restringiu a uma análise econômica da conjuntura do país.
Fonte:Jornal do brasil

Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | 5 anos informando a Cantu. Criado por: Cantu em Foco