terça-feira, 16 de maio de 2017

Família é envenenada por chumbinho no almoço do Dia das Mães

Um almoço que era para ser só de felicidade e troca de carinho para celebrar o Dia das Mães terminou em caso de polícia, após suspeita de envenenamento por chumbinho. E por muito pouco não acabou em tragédia. Uma família de Recife passou mal após almoçar neste no último domingo (14).
Segundo familiares, o ex-namorado de uma das vítimas, é o principal suspeito de ter cometido o crime. Ele, inclusive, já tem passagem na polícia e teria ameaçado a jovem após o rompimento amoroso. O ex-namorado teria ido à casa da vítima para envenenar o almoço do Dia das Mães, preparado pela própria ex-namorada no sábado. A suspeita é de que tenha posto veneno no tempero colorau.
A mulher, por sinal, teria passado mal ainda no sábado, mas os familiares não desconfiaram que fosse por causa da comida. Somente neste domingo, após toda a família comer o almoço, é que a suspeita aumentou. Ainda mais porque nos últimos dias o homem estaria rondando a casa da ex-namorada buscando se vingar. 
Comeram e foram socorridos
Após almoçarem, os nove membros da família foram socorridos. O único a morrer foi o gato da família, que também comeu do mesmo prato.
Dos nove familiares, o caso mais grave é o da ex-namorada, ela encontra-se na emergência do Hospital da Restauração. As demais vítimas foram inicialmente encaminhados à Upa.
Já três familiares não apresentaram quadro de envenenamento, o delegado que investiga o caso não os considera como vítimas. Eles foram medicados e a expectativa é que fossem liberados após um período em observação.
Polícia recolheu provas
No fim da noite deste domingo, o Instituto de Criminalística da Polícia Civil foi ao local para recolher provas do crime. Segundo informações, os peritos recolheram um lençol, feijão, a galinha do almoço e o colorau usado para temperar. Além disso, os vômitos do gato, que morreu, e de duas pessoas também foram recolhidos. Segundo o delegado Adyr Almeida, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os resultado dos exames no material apreendido devem sair em até 30 dias. O delegado disse estar considerando a hipótese de envenenamento, mas só deverá se pronunciar após os exames.
Com informações JC Online. 
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | 5 anos informando a Cantu. Criado por: Cantu em Foco