sexta-feira, 17 de março de 2017

Tony Ramos se diz surpreso com ação da PF contra venda ilegal de carne

O ator Tony Ramos disse ter ficado surpreso com a informação de que a Polícia Federal realizou nesta sexta-feira (17) a Operação Carne Fraca, que apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos. As investigações chegam às principais empresas do setor, como a BRF Brasil, que controla marcas com Sadia e Perdigão, e também a JBS, que é detentora da Friboi e Seara. 

As buscas acusam produtos irregulares, carnes vencidas e inserção de água e produtos ilegais para aumentar o peso, além do uso de produtos químicos para disfarçar o cheiro dos alimentos. Ramos é garoto propaganda da marca Friboi e conversou com o site EGO: "Estou surpreso com essa notícia. Eu sou apenas contratado pela empresa de publicidade, não tenho nenhum contrato com a JBS", afirmou. Mesmo com a surpresa, Tony ainda disse que acredita na boa qualidade dos produtos da marca. "Eu já visitei uma das fábricas, continuo comprando os produtos Friboi, eu tenho carnes deles agora no meu freezer e uso nos meus churrascos do fim de semana", disse ele. 

O ator é famoso por suas propagandas para a Friboi, nas quais aparece afirmando a qualidade e confiança da carne, com o slogan "Carne confiável tem nome". De qualquer forma, Ramos afirmou que vai entrar em contato com a empresa para saber mais detalhes do caso. "Eu espero que se apure a verdade. Eles tem o direito das minhas imagens. Não sei se faria novamente, só se eles forem inocentados dos erros que estão sendo acusados. Eu vou checar essa informação imediatamente", garantiu ele. Por outro lado, a JBS emitiu um comunicado nesta manhã em que repudia as acusações e que não houve nenhuma ação da PF em sua sede.
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco