quinta-feira, 23 de março de 2017

Gravidez de menina de 11 anos vira caso de polícia em Ponta Grossa

O Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) de Ponta Grossa trabalha com um caso grave. Uma menina de apenas 11 anos de idade está grávida – a gestação de dois meses é considerada de risco. A situação veio à tona depois que a mãe da garota registrou um Boletim de Ocorrência (BO). O nome dos envolvidos será preservado pela equipe do portal aRede.
Segundo a delegada responsável, Ana Paula Cunha Carvalho, a menina ainda não foi ouvida oficialmente. “A criança disse que apenas falará quem é o pai na presença do padrasto, que é caminhoneiro, e chega de viagem nesta sexta-feira”, afirmou. Somente depois desta informação é que será dado prosseguimento as investigações.
Por telefone, a mãe da menina disse que a filha passou por exames no Hospital da Criança João Vargas de Oliveira que comprovaram a gestação. Ela afirmou ainda que a filha vem mantendo a sua rotina normalmente, inclusive indo para a escola. Apesar disso, a mãe relata que garota não tem a noção exata do que está acontecendo.
Levantamento da Secretaria de Saúde de Ponta Grossa mostra que nos últimos sete anos a cidade contabilizou 295 nascimentos de mães com idade entre 10 e 14 anos de idade. Pelo Paraná, somente no passado, 23 mil gestantes entre 10 e 19 anos de idade deram à luz.  
Informações são do site A REDE.
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco