quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Homem diz que matou sogra para tirar 'problema' do caminho

Um homem, suspeito de matar a própria sogra, em Cariacica, foi preso. De acordo com a polícia, Jeová Pereira de Jesus, de 31 anos, teria cometido o crime contra Marileide Vieira, de 30 anos, pois ela não aprovava o relacionamento dele com a filha dela, uma adolescente de 13 anos. Por conta disso, a menina acabou terminando o namoro com o suspeito, que não aceitou a situação. O homicídio aconteceu em dezembro do ano passado.

Jeová confessou e disse que não sentiu nenhum arrependimento. “Eu fiz, já aconteceu, já foi. Eu tive que fazer e fiz. Não estou arrependido”, alegou o suspeito.

O suspeito disse que planejou a morte da sogra para tirar do caminho o que ele considerava ser um problema. “Ele confessou o crime e alegou que a vítima estava atrapalhando o namoro dele com a filha dela, o que gerou a raiva nele”, disse o delegado Janderson Lube.

Depois de matar a mãe da adolescente, a polícia disse que Jeová começou a telefonar para outros parentes da menina e fazer ameaças. Ele dizia que iria ficar com a jovem a qualquer custo, mesmo que tivesse que matar todo mundo. “Ele pediu para levarem a menina até ele, e ameaçava que mataria a família toda”, contou o delegado.

Por conta das ameaças, a polícia intensificou as buscas e conseguiu prender Jeová na última terça-feira (10). “Ele tentou fugir, mas ele não conseguiu e os policias conseguiram cumprir os mandados de prisão”, afirmou Lube. 

Ele já é conhecido da polícia. Não é a primeira vez em que é preso. Contra ele já existe um processo de violência doméstica. Agora, depois de crime, se for condenado, pode pegar até 30 anos de prisão.

O suspeito teria entrado na casa da vítima e atirado várias vezes. Marisleide foi socorrida, mas não resistiu e chegou sem vida ao hospital.


Fonte: Folha Vitória
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco