segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Mais um avião cai na Colômbia

Aeronave teve pane no motor e caiu em rio, mas piloto foi salvo com vida

O pesadelo vivido há uma semana na Colômbia voltou a se repetir. Mais uma aeronave caiu no país, desta vez sem deixar feridos.
O avião, que presta serviços ao Centro de Formação Aeronáutica Protécnica, sofreu Acidente na manhã desta segunda-feira (5), em um rio que corta a cidade colombiana de Soledad.
Estava a bordo da aeronave somente o piloto, José Manuel Montenegro, de 19 anos de idade. Ele pilotava um modelo da empresa Madeflex e felizmente conseguiu ser resgatado com vida.
Segundo o jornal colombiano El Heraldo, o profissional foi socorrido e encontra-se neste momento sem riscos de morrer.
Ainda conforme o periódico, o piloto teve um traumatismo craniano de nível de gravidade leve. Ele também apresenta leves lesões na coluna, fraturas no tornozelo e na perna direita.
Ao ser resgatado ele estava consciente e falando. De acordo com informações do responsável pela clínica para onde o profissional foi encaminhado, Amy Toscano, não há previsão de alta.
O médico que acompanha o piloto disse que ele lhe relatou que o acidente ocorreu devido uma pane no motor da aeronave. Quando percebeu o que estava ocorrendo, Montenegro fez uma manobra arriscada. Ele fez um desvio para evitar se chocar contra uma via pública, optando planar no Rio Magdalena, em Soledad.
Ainda não há informações sobre o tipo de falha que o motor apresentou. Sabe-se que o avião em questão é do modelo Piper PA28. A matrícula da aeronave é HK-4664G. A decolagem ocorreu às 8h17 e 13 minutos depois da partida o acidente foi registrado.
A Defesa Civil de Soledad acompanhou os trabalhos de resgate do piloto e monitorou a situação por toda a manhã. Segundo o órgão, o piloto não teve destino pior porque um morador das proximidades viu quando o avião de pequeno porte caiu próximo à Ponte Pumarejo e do Rio Magdalena.
Ele acionou outros populares, que em grupo correram para prestar os primeiros auxílios e acionaram prontamente o resgate.
Há exatos sete dias, mais precisamente no dia 29 de novembro, um outro avião que levava a equipe e comissão técnica da Chapecoense caiu em terras colombianas.
O avião tinha como destino Medellín. Ao todo 71 pessoas morreram e seis foram resgatadas com vida, entre eles três jogadores e um jornalista brasileiros.
#Tragédia
Recomendamos para você:
 
VOLTAR AO INICIO
Copyright © 2013-2017 Cantu em Foco | A informação ao seu alcance. Criado por: Cantu em Foco